domingo, 11 de março de 2012






Diante de 18 mil pessoas na arena montada no Centro Cultural Povos da Amazônia, em Manaus, o Vasco levou a melhor sobre o Sampaio Corrêa-MA e conquistou o título da segunda Copa Brasil de futebol de areia. Mauricinho brilhou com dois gols, e Rafinha, Bruno Xavier e Bueno completaram a vitória do "Trem-Bala da Areia" por 5 a 2. Daniel e Diney marcaram os gols da equipe do Maranhao.
O JOGO
Empurrado pela torcida, o Vasco partiu para o ataque desde o começo do jogo. O capitão Jorginho, com um chute rente à trave logo no primeiro minuto, assustou o goleiro Gut. Na sequência, Rafinha arriscou de longe e obrigou o arqueiro do Sampaio Corrêa a fazer grande defesa. Os maranhenses responderam com Datinha, que avançou em velocidade pelo meio da quadra, mas finalizou mal. A equipe cruz-maltina, mais ofensiva, quase abriu o placar com Jorginho, que dominou na área, girou rápido e soltou uma bomba no travessão. Aos 11, o Tubarão de São Luís também esteve perto de marcar o gol. Anderson levantou na área, mas Roberto, sem marcação, não conseguiu cabecear.
Na segunda etapa, os gols, enfim, começaram a sair. O atacante Mauricinho, uma das revelações do Vasco, dominou pelo meio e bateu colocado no canto esquerdo de Gut. Quando a torcida ainda comemorava o primeiro gol, o time-cruzmaltino ampliou. Aos dois minutos, Rafinha recebeu livre pelo lado direito e chutou cruzado, sem chances para o goleiro. O Sampaio empatou a partida em menos de dois minutos. Daniel, com um chute de antes do meio da quadra, e Diney, em cobrança de falta, deixaram tudo igual no placar. Mas a alegria dos maranhenses não durou muito. Aos dez, Jorginho bateu escanteio na medida para Bruno Xavier, com oportunismo, cabecear e fazer 2 a 1.
A festa vascaína continuou na terceira etapa. No primeiro minuto, Mauricinho, de novo ele, roubou a bola pelo lado direito, invadiu a área e chutou colocado, no alto, para marcar o terceiro. O Sampaio foi com tudo para o ataque e tentou diminuir, mas quem fez mais um foi a equipe cruz-maltina. Aos sete, Bueno soltou a bomba na cobrança de falta de longe e anotou o quinto. Com a vantagem no placar, foi só tocar a bola e esperar o tempo passar: 5 a 2. O "Tre-Bala da Areia", que vencedor do último Mundialito de Clubes, agora é campeão do Brasil.

Fonte: globo.com

Um comentário:

  1. Parabéns CRVG. Campeão de Terra, Mar e AREIA!!!!


    Saudações Vascaínas.

    ResponderExcluir

Olá amigo da Confraria, deixe aqui seu recado.... Saudações Vascaínas!